德瑞新闻 / News
A entrevista do Tianping Yao: O processo de longo prazo e da localização são a escolha firme do Grupo de Dreal da China no desenvolvimento africano.
 
2013-03-05

 

        Na reunião anual 2013 do Grupo de Dreal que acabei de terminar, o presidente do Conselho de Administração falou sobre o desenvolvimento e o plano no futuro do Grupo e indicou: O processo de longo prazo e da localização na África é a orientação firme do Grupo de Dreal da China, e também se trata da escolha obrigada no process do desenvolvimento e fortalecimento. Depois da reunião anual, o presidente Yao recebeu a entrevista e falou sobre isto mais profundamente e completamente. A seguir são registros excertos do conteúdo desta entrevista.

        A amizade entre a China e a África tem uma longa história e uma base firme. A China e a África possuem experiências históricas familiares e também um processo familiar de desenvolvimento. Desde o tumulto e a pobreza para a estabilidade, para a abertura, para o desenvolvimento, para a construção e para a afluência, todos estes processos experienciou a China, ou mesmo está a experienciar agora, apenas que a China começou a desenvolver dezenas de anos antes da África. A China consegue possuir o fruto do desenvolvimento e o estatuto internacional que tem hoje, a África também conseguirá possuir o próprio grande desenvolvimento e um futuro brilhante. O Grupo de Dreal da China e eu próprio, ambos temos a confiança firme sobre isto, e também nos sentimos orgulhosos para participar nesta grande revolução e contribuir-nos neste processo.

        Ao longo do meio século passado, os líderes da China têm prosseguido a política de Desenvolver-se com o Tempo para a África. Não importa que como mudava a sociedade internacional, a parceria amigável sempre tem-se desenvolvido. Sobretudo depois do Túpulo de Beijing(Pequim) do Fórum da Cooperação China-África que teve lugar em 2006 e sob o promovimento das Oito Medidas para a África, a relações economica e comercial entre a China e a África chegou um nível mais alto depois de 2007. O desenvolvimento da África precisa de investimentos estrangeiros, e algumas empresas chinesas também acreditam a boa perspectiva do desenvolvimento africano. Hoje em dia, algumas empresas chinesas têm uma grande interesse para investir na África, e elas também passam a ser uma característica da construção africana.

        O Grupo de Dreal da China ingressou a África em 2008. Angola é um primeiro país para nós fazer negócios na África, e no início envolvemo-nos na contratação da engenharia e na construção com as nossas parcerias. No ano de 2010, em resposta à chamada do governo angolano de construir mais habitação para uma melhor vida, e também baseado na experiências de muitos anos do desenvolvimento imobiliário na China, nós registrámos e estabelecemos o Mar Grandioso Promoção Imobiliária e construções S.A, começando os negócios profissionais do desenvolvimento e da construção do imobiliário.

        Depois do desenvolvimento de quase três anos, a S.a. de Mar já passa a ser a maior empresa de desenvolvimento e de construção do imobiliário em Angola e no Oeste pleno da África. Temos a maior qualificação de arquitecto aprovada pelo governo angolano, e possuímos projectos profissionais de edifício, projectos de paisagem dos jardins, o desenvolvimento de imobiliário, equipe de gestão de construção e de promovimento; Temos mais de 100 pessoas de engenheiros de construção, engenheiros de instalação de hidrelétrica, engenheiros supervisores e equipes de administração; Temos uma reserva fundiária de quase 270 hectares (mais ou menos 4000 Acre) ; Temos um base de armazenamento de mais de 30000 metros quadrados e uma construção de reservas materiais de mais de 15 milhões dolares; Temos 8 equipes profissionais de construção, mais 500 de grandes equipamentos, e o pessoal de mais de 1500 pessoas, em que mais de 1000 são funcionários locais.

        O primeiro grande projecto imobiliário da S.A. de Mar em Angola é o Jardim Rosa, preparado em Setembro de 2010 e vindo à venda em Março 19 de 2011. Até hoje isto é a comunidade integrada maior, o melhor desenhado e a mais moderna em Angola e mesmo no Oeste da África. Esta comunidade tem uma superfície de 1,1 milhões metros quadrados, e a previsão de investimento é 1,7 bilhões dolares. A maioria é super-vilas independentes, vilas personalizados, vilas conjuntas e apartamentos avançados multi-andares, em total 7000 unidades residenciais com equipamentos comunitários de Commercial Street, Clubhouse e escolas, o que vão ser completadas por 4 vezes e em 5 anos.

        Depois do Jardim Rosa, o segundo projecto da S.A. de Mar é o projecto de Ósdim, que foi à venda em Abril 26 de 2012, situando-se no centro de Kamama investido destacadamente pelo governo. A superfície é de 42 hectares. A construção no plano é 230 mil metros quadrados, mais ou menos 2000 unidades habitacionais, e a previsão de investimento é 300 milhões dolares. Vilas independentes, vilas duplas, vilas conjuntas, apartamentos e uma rua comercial  de  pedestre vão ser incluídos nos produtos.

        Depois de Angola, em 2013, o Grupo de Dreal de China vai desenvolver grandes projectos complexos de imobiliários em outras países africanos, nomeadamente o Guiné. As grandes necessidades de materiais com o desenvolvimento rápido de imobiliários, e a placa de comércio está a aumentar com a velocidade de mais de 50% por ano. Por exemplo em 2012, os recipientes enviados para a África pelo Grupo de Dreal da China é mais de 1000, e o comércio total é mais de 200 milhões RMB. Em 2012, além dos imobiliários e dos comércios internacionais, o Grupo de Dreal da China ingressou o investimento de mineração e a exploração deste negócio, já são completadas a exploração e a amostrageme das minas em Angola, começamos a etapa de teste de beneficiamento e de projecto de planta, e a fábrica vai ser estabelecido em 2013. Ao mesmo tempo, o Grupo estabeleceu a Empresa de Mineração de Namíbia e a Sede da empresa de mineração, tendo o plano de obter o direito de mineração e começar a explorar em 2013.

        Em retrospectiva do desenvolvimento rápido do Grupo de Dreal da China e os futuros obtidos, as experiências vai ser assim: Respectar a cultura, arranjar com integridade, destacar a qualidade, criar a dupla-lucro, e caminhar no processo de longo prazo e da localização.

        No início, o Grupo de Dreal da China sabia com esclaridade que se uma empresa chinesa quiser ingressar um novo continente, involvendo bilhões de investimento, vai encontrar muitas riscas sem dúvida. Isto exige que nós devemos ter os conhecimentos objectivos e verdadeiros, devemos investigar a situação política, o desenvolvimento económico, a condição de mercado, usos e costumes dos países de alvo. A maioria dos países africanos têm diferentes graus de problemas, incluíndo a condição baixa de infra-estrutura, a eficiência baixa do trabalho, o nível baixa da previdência social e a condição má de vida, etc, devemos saber isso e aceitar e enfrentar a realidade, preparar e adaptar-nos, em vez de queixar-nos, isto é respectar a realidade e as condições nacionais da África. Tendo este tipo de base psicológica, não vão aparecer grande contraste na empresa e nos funcionários, assim nós podemos ser aliviado e fazer um plano de longo prazo.

        A nação chinesa é a melhor etnia. Nós também experienciava pobreza e atraso, por isso é mais fácil para nós entender o desejo dos povos africanos para a vida mais estável, mais rica e mais moderna, e também confiamos que o futuro da África vai ser melhor. Tendo este tipo de ideia, vai aparecer o respeito verdadeiro, respeito para a vida, respeito para os seres humanos, respeito para a cultura tradicional dos africanos e respeito para as crenças locais e leis locais.

        Até agora, o número dos funcionários do Grupo de Dreal da China em África é mais ou menos 1500, em que dois terços são amigos africanos, não só nos escritórios, nos canteiros de obras, na cantina, mas também nos salões e nos recreios, os colegas chineses trabalham com os funcionários em cada lugar. Ambos de nós sabemos que além da cor da pele, os nossos corações são mesmos. Nós respeitamo-nos e aceitamo-nos, apoiamo-nos e esforçamos juntos.

        Um grande número das empresas chinesas, dos capitais chineses, dos operários chineses, e dos mercadorias chinesas ingressou a África, prosperando a economia africana e promovendo a desenvolvimento africano, mas também existem alguns negativos. Algumas empresas chinesas na África não têm um alto nível de tecnologia, e algumas acções de gerência das muitas empresas não são especificadas. Muitas coisa feitas na China ou pela China, apesar de serem baratas, ao mesmo tempo têm a fama de má qualidade.

        A principal indústria do Grupo de Dreal da China são imobiliários e mineração, assim apoiando o comércio internacional, estes são actos de investimento e de gerência de longo prazo. Talvez algumas empresas tenham uma má fama pela traição e depois vão-se embora, mas as imobiliários e as minas do Grupo de Dreal da China não deixarão. Por isso, sempre presseguimos as orientações de gerir com integridade, destacar a qualidade e desenvolver em longo prazo.
   
        Por exemplo, os nossos projectos de imobiliários, não decidimos a venda a prazo ou vender o desenho apesar de isto é mais barato. O nosso modelo de desenvolver é investir um monte de dinheiro depois de obter a terra, completando o plano e o desenho do sistema, completando o modelo de construção, completando a infra-estrutura. Vai ser à venda depois da estabelecimento dos edifícios e de começar a tomar forma. Diz-se que apenas os que visíveis são verdadeiros, por isso, os clientes sentem-se confiantes sobre as nossa propriedades verdadeiras e as qualidades diante.

        Edifícios são obras de centenas de anos. Eu pergunto aos meus operários muitas vezes: Vocês querem construir alguns ediícios que pessoas moram lá porque não têm outros lugares para se esconder ou querem construir uns que seriam louvados por centenas de anos? Hoje em dia, o Jardim Rosa e o Ósdim não só são representate de obras, de qualidade e das casas fantásticas, são também o orgulho dos chineses. Nós sempre dizemos que temos de ganhar glórias para o nosso país, desde que nós geramos com integridade, destaquemos a qualidade, intreguemos coisas verdadeiras para sermos respeitados pelos amigos africanos, vamos ganhar glórias para o nosso país realmente.

        Não há refeições gratuitos no mundo, e pagar é o único forma para ganhar. Queremos desenvolver-nos e ganhar lucros na África, temos de pagar. A ideia de ganhar sem pagar não é permanente, o forma permanete é só criar um sistema para ambos conseguirem ganhar.

        Além da abertura, do pragmatismo e da eficiência, a maior vantagem do Grupo de Dreal da China é ser bom em criar um sistema para ambos conseguirem ganhar. Por exemplo, o desenvolvimento dos imobiliários, temos um grande variedade dos modos de ganhar terra. Temos algumas terras compradas pelo dinheiro, algumas desenvolvidas pelo modo de cooperação e algumas dadas pelo governo, que vão ser devolvidas para o governo em uns anos depois a nossa construção e gerência. No entanto, não importa que seja qual modo de cooperação, o ponto mais importante é o sistema para ambos conseguirem ganhar. Por exemplo, a terra desenvolvida pelo modo de cooperação, há parcerias locais das terras, nós vamos construir uma empresa de venturas juntas, eles oferecem terras, e nós oferecemos capitais, desenhos, construções, vendas e gestões, assim desenvolvendo esta terra. Este tipo de modo de cooperação, embora investamos mais e tenha mais riscos, de ponto de vista do longo prazo, temos confiança do futuro, da África e das nossas experiência profissionais, por isso, vamos assumir mais responsabilidade, e as nossas parcerias também ficam confiantes sobre este tipo de mode de cooperação. Para ambos os lados, excercendo as vantagens dos ambas partes, ambos vão ser confiante sobre a cooperação.

        De outro lado, o desenvolvimento localizado adoptado pelo Grupo de Dreal da China criou um modelo de win-win com um âmbito maior. Em 2012, o número de funcionários do Grupo em África foi mais de 1500 no qual mais de 65% é local., em comparação da proporção expectativa de funcionários locais de mais de 75% em 2013 . Os empregos dos funcionários locais trocou-se gradualmente empregos básicos pelas classes de tecnologia, vendas e gestões. Com o plano explícito, desde 2012, seleciona-se funcionários loais excelentes e filhos do parceiros locais a ir para Beijing estudar com o obejectivo da importância de treinamento dos funcionários da alta administração do futuro. Ao mesmo tempo, os selecionados vão trabalhar de estágio na agência do Grupo em Beijing e nos outros órgões subsidiários do Grupo para a participação no Grupo.

        A longo prazo, é apenas o mdelo localizado de benefício mútuo e win-win que pode garantia o desevolvimento estável e contínuo das empresas chinesas  em África. O que as empresas chinesas oferecem a África são o desenvolvimento tecnológico, o estabelecimento de indústrias localizadas, o acrescimento da capacidade de fabricação do país, a diminuição de preços de produtos locais e a promoção de empregos locais além da construção de infra-estrutura e a quantidade melhor das engenharia, resultando em o desenvolvimento a longo prazo da economia e a sociedade locais. E é uma base importante de localização os contratos de funcionários locais, também incluindo o respeito às polícias de trabalho locais, a proteção os direitos e interesses legítimos de trabalho,o cumprimento completo de regulamentos locais e a entrega de custos de seguro segundo comforme as disposições locais, poi isso, a empresa pode realizar a localização completa e ser popular à sociedade local e suportada pelo governo e povo e finamente promove o ciclo virtuoso de desenvolvimentos de empresas chinesas em África.

        A experiência de cooperação entre o Grupo e os funcionários locais mostra que, empregar activamente funcionários locais e dar pleno desempenhar papeis deles são benefícios à diminuição dos custos de trabalhos efeitamente, ao mesmo tempo o desenvolvimento da empresa trazido pelos funcionários aficanos é um outro factor motivador.

        A familiaridade da sociedade povo locais dos funcionários locais é um recurso indispensável da empresa, dentro os locais há muitos talentosos com inteligência, diligencia e sentido de responsabilidade alta.


        Por exemplo, a maioria dos membros da equipe de vendas da Mar Grandioso Promoção Imobiliária e construções S.A é funcionárias locais com excenlrnte capacidade de trabalho, incluindo a vantagem da língua, do conhecimento da mercado local para o estabelecimento rápido da relação com os clientes, o que os chineses não têm.


        O desenvolvimento do Grupo de Dreal da China em África precisa contribuição dos funcionários africanos.

        Enter a China e os países africanos, existem grandes diferenças de língua, cultura e sociedade, também existe diferença da forma de pensamento. Os funcionários africanos nas empresas chinesas é a ponte de comunicação entre as empresas chinesas e os departamentos governamentais e a sociedade local, ao mesmo tempo, são as empresas chinesas que oferece-lhes a cena para eles exercerem talentos.

        Uma outra base importante de localização é a formação de peesoal. Isso não só significa a formação dos funcionários locais, mas também inclui a aprendizagem da língua e a cultura local, os requisitos de gerenciamento localizados e a construção da equipe. Nos vários postos de trabalho do Grupo de Dreal da China, pessoas de cores diferentes fazem o mesmo trabalho, e entre eles, há o estuto de língua e a cominicação de cultura. Em tal processo, surgirá melhor compreensão e o ambiente de trabalho mais eficaz e agradável, o que vai ser o fonte da coesão da equipe.

        Desenvolvimento de longo prazo e localizado significa que as empresas têm o compromisso à responsabilidade social. A cultura corporativa do Grupo de Dreal da China é “Honestidade na vida, integridade nos negócios, boutiques aos clientes, e grande marca o corporativo será”.Essas palavras são simples, mas a sua conotação é a atenção ao interesse das partes interessadas, tais como empresa, sociedade, clientes, fúncionarios, comunidade,etc., é a atenção ao desenvolvimento sustentável e a proteção do ambiente e dos recursos, é o cumprimento dos requisitos legais e éticos, e assume a responsabilidade de melhorar o desenvolvimento económico do país anfitrião e o nível de vida das pessoas.

        No procresso do desemvolvimento e a construção do Grupo de Dreal, encontramos muios padrões ambientais dos países africanos são os europeios e americanos, alguns até ultrapassa o padrão domestico que executamos. Apesar de que de facto alguns corporações africanas não faça isso, solicitamo-nos no padrão supremo. Inclui-se que nós prestamos muitas atenções à proteção ambiental local. O nosso princípio é desenvolvimento de longo prazo e o planejamento centenário. Todos os princópios de construção e planejamento são não causar o prejuízo e a poluição do ambiente local e o problema legado ambiental, incluindo que não transportamos as materiais tendo perigo oculto. No nosso planejamento de área de minas, é uma premissa importante a demanda da proteção das áreas , a economização de recurso, a proteção do ambiente e a emissão do gás de efeito estufa.

        Neste três anosna África,  dependendo o apoio do governo local e os parceiros, a esforça dos funcionários chineses e africanos, os conceitos avançados de desenvolvimento, o Grupo de Dreal tem um rápido desenvolvimento. Mar Grandioso não só se torna marcas líderes, mais importante, depois da acumulação de três anos, a companhia tem uma grupo experienciado de operação no desenvolvimento imobiliário, a construção e gestão. Embora nos envolvamos na mineração por um curto período, agora os desenvolvimento de todos os aspectos funcionam excelentes, ao mesmo tempo, depois que o Grupo continua a investir e acumulação operativa, completamos o próprio ciclo dos fundos e reservas de capital.

        Em termo do desenvolvimento do futuro do Grupo de Dreal, vamos continuar a contar com o modo de desenvolvimento da Trindade do Grupo, considerando o comércio internacional e a logística como apoio logístico poderoso, distribuindo as materiais de construção e suprimentos de mineração, melhorando o setor imobiliário, exercendo a marca e consruindo plataforma de desenvolvimento, ao mesmo tempo, continuamos a reforçar o investimento e desenvolvimento de minerais. Temos um modelo de sucesso e experiência. Alêm da Angola, Namíbia e Guiné existente, serámos progressivamente alargado a outros países africanos para replicar a nossa experiência bem sucedida, mas em qualquer maneira, o desenvolvimento a longo prazo e de localização será a orientação inabalável para o Grupo de Dreal na África, e também a escolha inevitável no processo de desenvolvimento e crescimento do Grupo.    (05 de março de 2013, o Gabinete do Conselho de Administração do Grupo consolida)

 
 
 
 
-